Dia do Rock: 10 grandes momentos do Live Aid e o que você talvez ainda não sabia sobre o festival



Onde você estava no dia 13 de julho de 1985?
Provavelmente, como eu, a maioria do pessoal que vai ler aqui era bem criança ainda ou nem tinha nascido. Nessa data aconteceu um dos maiores e mais importantes festivais de rock de que se tem registro - o Live Aid, que você, se fã de rock ou informado sobre cultura pop, certamente já ouviu falar. 
O Live Aid foi organizado por Bob Geldof e Midge Ure para arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia. A data é comemorada como Dia Mundial do Rock.

Imagem: www.ilisp.org/ 
Quem viveu os anos 80 deve se lembrar que esse era um dos problemas mundiais mais em evidência na época. Hoje, em especial devido à internet, muitos assuntos se tornam pauta mundial frequentemente e, com a mesma rapidez com que emergem, desaparecem e o foco dos noticiários muda constantemente. Mas nos anos 80, um tema ficava tempos em destaque. A fome na Etiópia foi um deles. Não por menos. Segundo o Índice Global da Fome (GHI, pela sua sigla em inglês de Global Hunger Index), hoje a Etiópia está em 5º lugar no ranking da fome, com número de 29,1 no GHI; mas no final dos anos 80, o país estava no topo com o número 43,7. Dados do Banco Mundial apontam que entre 1984 e 1985, mais de meio milhão de pessoas morreram na Etiópia em decorrência da fome.

PAZ, AMOR E ROCK ‘N ROLL
Todo movimento cultural cria mudanças e rupturas no modo vigente de se produzir arte. E foi exatamente isso que o rock fez quando surgiu lá nos anos 50 nos EUA. Trouxe uma linguagem nova para a música que logo seria vista como contestadora. O primeiro sucesso de rock que chegou às paradas foi Rock around the clock, de Bill Haley & His Comets.

   
Se nos anos 50 a postura rebelde do rock se manifestava na aparência (roupas e cabelos) e na dança, na década seguinte, o rock se estabeleceria definitivamente como música de contestação e protesto, por meio de letras que abordavam temas pacifistas e expunham duras críticas, sobretudo, à Guerra do Vietnã. Não por menos, os anos 60 ficaram conhecidos como Anos Rebeldes.
Ícones daqueles anos 60 e 70, bandas que fizeram uma verdadeira revolução na música e na cultura comportamental do mundo inteiro, como Beatles, Rolling Stones, The Doors, Pink Floyd, Led Zeppelin, Queen, David Bowie, Black Sabbath, só para citar alguns, são, até hoje, referência para as artes, música, cinema, literatura e moda em todo o mundo. Mas também representaram, em muitas canções, a voz da sociedade sobre vários temas que a afligem.

LIVE AID: ROCK, ATITUDE E SOLIDARIEDADE
Não foi a primeira vez (nem a última) que astros do rock se reuniram em prol de uma causa nobre. O primeiro grande festival beneficente foi o Concert for Bangladesh, em 1971, organizado por George Harrison e Ravi Shankar. Teve a participação de nomes como Eric Clapton, Ringo Starr e Billy Preston. Até hoje, as vendas do DVD e álbum do concerto continuam a beneficiar o fundo de George Harrison para a UNICEF.
Mas vamos ao Live Aid!
No dia 13 de julho de 1985, mais de 20 artistas mundialmente famosos, do rock e do pop, subiram nos palcos montados no Wembley Stadium, em Londres e no John F. Kennedy Stadium, na Filadélfia e se apresentaram para, estimados, 1,5 bilhão de espectadores entre presentes e pessoas que assistiram a transmissão ao vivo, que foi uma das maiores em larga escala por satélite e de televisão de todos os tempos. O show dos EUA encerrou com We are the world, do álbum homônimo, lançado apenas 4 meses antes, em março de 1985, que integrou o projeto USA for Africa (United Support of Artists for Africa), que encabeça a lista dos meus 10 momentos preferidos do festival (não estão em ordem de preferência):

Se você quiser curtir o Dia do Rock vendo o Live Aid completo, tem um link no final da página com uma playlist de 163 videos do festival, em ordem de apresentação.

WE ARE THE WORLD - Vários artistas 

ERIC CLAPTON - Layla 

PHILL COLLINS - Against All Odds (Take a Look at Me Now) 

PAUL YOUNG - Everytime you go away 

QUEEN - Todas as 6 músicas que eles apresentaram, porque não dá pra escolher uma 

ELTON JOHN - Rocket man 

REO SPEEDWAGON - Can’t fight this feeling 

MADONNA - Into the groove 

PAUL McCARTNEY - Let it be 

THE CARS - Drive 

 DAVID BOWIE - Modern Love 

LIVE AID COMPLETO

Beatle saudações a todos os rockers e feliz Dia do Rock!